Pesquisar este blog

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Não me tentes com tentação...


Hoje te peço, deixe-me ir, não me venhas com promessas, com falsas ilusões, deixe-me ir.
Não, não abra tua blusa, não me tentes com tentação, não tires tua roupa, deixe-me partir, assim, sem tesão.
Não, pra que esboçar este sorriso, prometer o céu, se já conheço este paraiso?
Não me tente mais, apenas deixe-me ir.
Não, tenha piedade, se já é teu meu coração, com ele sumiste minha alma e com ela terminasse com meu corpo, pois já me fazes louco.
Diixe-me, apenas abra a porta, pois pode ser que um dia eu queira voltar, assim como dizem, estarás a me esperar.
Não mostres este corpo delineado, este cabelo enredado, este sexo tão amado,
apenas deixe-me ir, pois já não sei sequer, existir.
Não,não venhas a provocar, se apenas sou teu homem, se só eu, tenho que te amar.
Apenas deixe-me ir, talvez eu volte, depois dele
talvez ainda te ame, após ele, só não quero que me uses, com ele.
Já não entendo a beleza do teu sorriso, se queres com outro, dividir...o paraíso.
Então deixe-me ir, já não posso, não suporto, com outro te dividir.
Nossa cama me parece tão vulgar, nosso lençol com outro a copular,
assim, não posso suportar, deixe-me portanto ir, enquanto ainda consigo, te amar.

Por: Wcastanheira Em devaneios de um final de tarde, assim meio...diferente, mas quem disse que aos poetas cabe apenas o retilíneo? Pra vcs bjos e bjos.

PS: O poeta fará uma pquena viagem, para relaxar, quem sb, poetizar, se DEUS quiser voltarei na segunda feira, deixo-lhes ardentes e molhados bjos e bjos.

15 comentários:

  1. Hoje seu texto me lembrou uma música q não lembro qual é
    rsrs
    qdo lembrar
    prometo passar aqui te contar

    ResponderExcluir
  2. Cada um sabe a hora de ir e a hora de ficar.
    O momento de desistir ou insistir!
    Nada é nosso. NADA. Nem mesmo o amor se pensarmos que o amor vem de uma única fonte.
    Somos pó. Acho que tudo muda de sentido quando entendemos isso. O que temos é a alma e essa não pode ir ou vir, pq é livre e onipresente.
    Boa viagem, bom descanso!

    ResponderExcluir
  3. aproveite bem o descanso meu querido!

    bjosss...

    ResponderExcluir
  4. Vai poeta, vai relaxar e volte com seus "alfoges" repletos de deliciosas inspirações.
    Estaremos aqui a te esperar.

    Abraços, já com saudades.

    ResponderExcluir
  5. Bom fim de semana pra vocês!abraços,chica

    ResponderExcluir
  6. tem selinho p vc lá no meu blog! (esta na barra Selos)

    bjobjo**

    http://marcellagiroldo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Bons devaneios, sem dúvida, rss

    Abração amigo Castanha

    ResponderExcluir
  8. Lindo seu poema e suas palavras, amigo...bom passeio...volte logo...estamos a te esperar...
    Beijos...
    Valéria

    ResponderExcluir
  9. oi sou catarina, adorei seu blog e estou seguindo é claro! estas interessada em parceria meu blog é http://kah-catarina.blogspot.com e o siga tabem bjus!

    ResponderExcluir
  10. Ow meu querido.. como eu queria voltar com o blog de vez, mas esta muito complicado eu estou sem computador e sem internet
    morro de saudades das pessoas, dos textos.. mais prometo voltar em breve..
    obrigada pelo carinho saiba que é reciproco!
    Beijooos beijos

    ResponderExcluir
  11. APESAR DE TRISTE..AMEI

    Devaneios dum marinheiro.... loucamente apaixonado...
    Pra quê sofrer....so quero te ver...não sofras por amor...devaneia com fervor....esse louco amor....
    Que te amansa a dor...
    Dor de amar sem preconceito....
    Faz amor.... muda de leito...
    Não mendigues o amor....escolhe outro olhar para poderes amar....

    Oi CASTANHA
    Beijo da Portuguesa

    ResponderExcluir
  12. Não caia em tentação rsss... apenas ame.

    Bjos,

    Keli

    ResponderExcluir
  13. Diferente msm este teu escrito, porém com um quê de verdade latente e isso me importa mais que escritos envolventes !
    saudade de vc, me abandonaste amigo
    beijo

    ResponderExcluir