Pesquisar este blog

sexta-feira, 27 de abril de 2012

E o poeta vai descansar...

E o poeta vai fazer um pit stop, para alimentar as ilusões, recarregar as energias, vou até o SUL do SUL do RS, sei lá, olhar os campos, admirar os pássaros, acordar com a passarada a cantar e logo em seguida curtir o sereno do campo e o aleitar das vaquinhas, um tempo, se "DEUS" quiser apenas um breve até logo, o interior faz bem à poesia...Pra vcs, bjos e bjos.

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Acordei de um sonho lindo...Como queria estar ao seu lado.

Acordei de um sonho lindo, visualizei os ponteiros acusando já alta madrugada, voltei-me para a janela, uma lua prateada iluminava a beleza da água do mar, a solidão do quarto aponta direto uma flexa aos meus pensamentos em você, logo ali, alguns quilômetros de distância, imagino você plácida e bela, deitada como de costume, linda escultura feminina com as mãos a quase cobrir este rosto suave e bem delineado, talvez você ainda use aquele babydol lindo daquela noite de sonhos, como eu sonhei em estar ao seu lado agora, deslizar a ponta dos meus dedos, em teu dorso longuineo e suavemente deixar descer minha mão por seus braços e pelas costas de sua mão e depois envolvê-las com toda minha mão quente, sentir a delicadeza de sua pela, vê-la sorrir ao perceber o ouriçar dos teus pelos e o tremer dos seus braços, olhar nos seus olhos lindos e desconfiados de imaginar tanta felicidade em um só momento e me ver preso neste olhar provocante, que seriam angelicais não fosse a malícia que suas belas pupilas escondem e só neste momento manifestam, como são pedintes seus olhos no momento do nosso amor. Aqui olhando a beleza infinita do luar e o brilho candente do mar, como queria estar ao seu lado, observar teus lábios úmidos e vermelhos, entreabertos em cada sorriso com a malicia do seu desejo, tua boca pedinte de amor, lentamente repousar minha mão na curvatura da sua cintura e puxar firme teu corpo delicadamente de encontro ao meu. Perceber seus dedos virem de encontro a minha nuca e arrepiar-me com o roçar de suas unhas. Escorregar minhas mãos por toda extensão de suas costas apertando as pontas de meus dedos contra sua pele. Sentir pousar seu queixo na curva entre meu ombro e meu pescoço e ser invadido pelo aroma doce e suave dos seus cabelos. Sentir novamente calafrios percorrerem meu corpo por suas leves carícias e nos fazer um só corpo outra vez. Como eu queria tê-la em meus braços agora, mas é madrugada, nosso geoposicionamento é inverso, muito embora a força da minha mente faça com que estejas comigo em todo teu ser... POR: Wcastanheira Em delírios de um final de tarde, hoje viajando na imensa saudade de quem está longe de seu amor, numa noite de hotel...Uauu e como dói. Pra vcs bjos e bjos.

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Tua pele...Teu corpo de mulher.

E assim a cada dia e em cada noite navego na maravilha e na delicia que é acariciar, sentir a delicadeza da tua pele, nela rasgo meu silêncio e em gemidos e sussurros solto algo inexplicável que está adormecido em mim, na beleza do teu corpo invento e navego o meu olhar e desato-me em mil vertigens e esqueço as mágoas e as dores de cada momento do dia ou da noite e vou palmo a palmo, centímetro a centímetro, invadindo suave ou vorás cada curva, cada detalhe do teu escultural corpo de mulher. Na tua pele viajo e conto mil histórias de aventuras, de novos caminhos e não importa o dia, pra mim teu corpo, sempre é um belo suspense... E assim, perdido em mar tão delirante, vou despindo as palavras e os significados que nunca a elas soube dar, rompo a cada dia meu limite, sonho, deliro, invento, viajo na maravilha e na beleza da pele do teu corpo de mulher. Teu corpo de mulher, onde o meu momento é mais perfeito, onde tudo me fascina, na tua pele encontro minha verdadeira casa escondida, no teu corpo encontro minha morada, um rumo, um norte, um acomodar-se nesta estranha estrada da vida. Só na tua pele, em mais lado nenhum, descubro-me por inteiro em gritos e gemidos de prazer que a alma solta sem demora. Só na tua pele escrevo uma epopéia... Não me importo de me deixar permanecer assim, na tua pele, uma vida inteira… POR: Wcastanheira Em delírios de um final de tarde, hoje viajando na delícia de um imensurável desejo e tesão, alguns chamam, de paixão. Pra vcs bjos e bjos

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Como é grande o meu amor por vc. Rei Roberto Carlos

O REI TB FOI MARINHEIRO, VIU? Eu tenho tanto pra lhe falar Mas com palavras não sei dizer Como é grande o meu amor por você E não ha nada pra comparar Para poder lhe explicar Como é grande o meu amor por você Nem mesmo o céu, nem as estrelas Nem mesmo o mar e o infinito Não é maior que o meu amor, nem mais bonito Me desespero a procurar Alguma forma de lhe falar Como é grande o meu amor por você Nunca se esqueça nem um segundo Que eu tenho o amor maior do mundo Como é grande o meu amor por você Nunca se esqueça nem um segundo Que eu tenho o amor maior do mundo Como é grande o meu amor por você Mas como é grande o meu amor por você POR: Wcastanheira E o REI completa 71 anos, uauu quanta felicidade dá a cada poeta, com a harmonia e o encanto da sua melodia, quantos ouvidos ouviram sussurros maravilhosos, são tantas emoções, são tantos detalhes, SALVE O REI, VIVA AO REI. PRA VCS BJOS E BJOS

quarta-feira, 18 de abril de 2012

O mistério da paixão...

Que mistério tem teu beijo, que me faz voltar? Que mistério tem teu abraço que sempre me deixo enrolar? Que força e encanto tem este teu olhar? Mulher sabes e entendes de me dominar, te peço, te imploro, toma conta, não me deixes, me afastar... POR; Wcastanheira Em delírios de um final de tarde, hoje viajando no mistério delicioso de uma paixão. Pra vcs bjos e bjos

terça-feira, 17 de abril de 2012

BILHETE Se tu me amas, ama-me baixinho

Se tu me amas, ama-me baixinho Não o grites de cima dos telhados Deixa em paz os passarinhos Deixa em paz a mim! Se me queres, enfim, tem de ser bem devagarinho, Amada, que a vida é breve, e o amor mais breve ainda... Mário Quintana POR: Wcastanheira Hoje fazendo um mimo ao poeta anjo, deixando-lhes um breve bilhete, com um imensurável recado. Pra vcs bjos e bjos.

domingo, 15 de abril de 2012

A musa chega aos trinta anos...

A musa deixa, abandona um pouco do frescor juvenil, sem perder a graça e a jovialidade da bela expressão que encanta ao poeta, é verdade, uma inquestionável e indelével marca tempo, deixa o ar inocente, uma marca da sexy musa juvenil, porém isso é amplamente compensado pelos atributos encantadores que revestem a bela e segura mulher de trinta, ela sabe definir padrões, ela tem o it próprio para encantar.. Ela se conhece melhor, domina seu tempo, é autêntica nos seus atos, é centrada, certeira no trato com a vida e seus amores, aos trinta anos a musa completa-se em harmonia com corpo e alma,entra num tempo de quase perfeito equilibrio entre o ser e o ter, sabe dar o valor para a sinuosidade das suas curvas, conhece o próprio cheiro com isso domina seu instinto feminino, agora a femea não descontrola-se, ela sabe controlar, na verdade a musa aos trinta, não briga mais consigo mesma, ela sabe o tipo de visual exato para cada momento, se deixa franja, se corta o cabelo, se veste aquele vestido que delínea seu corpo ou abusa na beleza de calça exata no seu corpo curvilíneo, ela interessa-se em absorver o mundo e o que de mais interessante nele avista, a musa deseja apenas ser feliz agora sabe que pode gostar do jeito dela, já não faz de conta, já não treme, sem perder o romantismo natural da fêmea, apenas balança o cabelo, move o olhar e conquista o mundo que deseja, sabe o que vestir, domina a arte de valorizar os pontos fortes e bem disfarçar o que não é importante mostrar, expõe gostos mais delicados e elegantes. A musa carrega um olhar muito mais matador quando seu objetivo é realmente conquistar, o tempo deu a ela mais competência para repelir o que não interessa, aos trinta a mulher sabe mostrar as pistas que verdadeiramente levam seus amores ao doce delírio da paixão, se aos 20 é escolhida, aos 30 ela sabe escolher, ela cheira bem, escolhe o aroma do perfume pelo exato sentido que dá ao momento, a musa aos trinta anos consegue seus objetivos sem confrontos inúteis, sabiamente goza da prerrogativa feminina, sabendo engolir alguns desconfortos sem perder o ar de mulher sábia e decidida, que bom, aos trinta a musa encanta ao poeta e sabiamente usa sua magia para enternecer ao mundo com a força e o saber da mulher... POR: Wcastanheira Hoje em homenagem especial às musas que atingiram aos trisnta anos e a doce musa da franjinha, ela era especial, agora é especialíssima com os odores e olhares encantadores dos seus sábios trinta anos. Pra vcs de menos e de mais de trinta, bjos e bjosssss.

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Nosso primeiro encontro...

Nosso primeiro encontro a tanto imaginado, naquele dia o mar estava calmo, a água trocava suaves caricias em repetidos subir e descer na areia branca e serena, ela plácida e alva, permite que a beleza das ondas façam dela o que desejam, a bruma branquinha parece desejar ficar enquanto a onda vai lá no mar, respira e retorna macia e solene a invadir a mesma terra como se fosse a primeira vez... Nossos olhares por um tempo param a admirar a beleza e o ato sublime deste momento, lá longe uma lua alva e gigante mostra-se ao mar o contraste com últimos raios de sol confundem a miscelânea de cor, já não sabemos a quem olhar se a despedida do astro rei ou o boa noite da mágica lua, nos enlaçamos e nos envolvemos na magia de um longo beijo, assim enamorados permanecemos encantados com mais um entardecer do nosso amor, queria escrever, eu te amo, eu te amo em toda a praia, porém a força das ondas insistem em apagar para que novamente eu volte a escrever que muito vou te amar e assim lentamente a noite avança e quase sem perceber somos iluminados apenas pela prateada luz da lua, encanta-me ver sua mão macia e alva a desamarrar lentamente o laço que prende sua blusa, enquanto inquieto procuro desabotoar cada botão que impede-me de ver a beleza esplêndida do seu corpo, acaricio suavemente suas madeixas de longos cabelos, enquanto enlaço-me em beijos e caricias, ah, esta magia que o coração resguarda, este deleite que em seu corpo flutua, hoje somente tendo por testemunha, a lua. Tendo voltar ao romantismo deste encontro, ouço a maré como serenata, as gaivotas como anjos a aplaudir este cândido e quase encantado momento, que maravilha, meu espírito voa, sou teu súdito vivendo a primavera do amor, encantado com a beleza da sua pele, com teu gemido ou teu sufocado grito e assim ali envoltos e embriagados de amor, subimos mais uma vez a rampa de areia até o conforto do nosso quarto, nosso encontro teve como testemunhas o cair do sol, o boa noite da lua e a luz de cada estrela à aplaudir o amor, as gaivotas fizeram a serenata de boas vindas e o mar aplaudiu cada instante mágico que vivemos e revivemos... POR: Wcastanheira Em delírios de um final de tarde, viajando, sonhando quase delirando com a força de um primeiro encontro, lindo, mágico como eu realmente gostaria...À beira mar. Pra vcs bjos e bjos.

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Sozinho...Caetano Veloso

Às vezes no silêncio da noite Eu fico imaginando nós dois Eu fico aqui sonhando acordada Juntando o antes, o agora e o depois Por que você me deixa tão solta? Por que você não cola em mim? Tô me sentindo muito sozinha Não sou nem quero ser sua dona É que um carinho às vezes cai bem Eu tenho os meus desejos e planos secretos Só abro pra você, mais ninguém Por que você me esquece e some? E se eu me interessar por alguém? E se ele de repente me ganha? Quando a gente gosta é claro que a gente cuida Fala que me ama, só que é da boca pra fora Ou você me engana ou não está maduro Onde está você agora? Quando a gente gosta é claro que a gente cuida Fala que me ama, só que é da boca pra fora Ou você me engana ou não está maduro Onde está você agora? Não sou nem quero ser sua dona É que um carinho às vezes cai bem Eu tenho os meus desejos e planos secretos Só abro pra você, mais ninguém Por que você me esquece e some? E se eu me interessar por alguém? E se ele de repente me ganha? Quando a gente gosta é claro que a gente cuida Fala que me ama, só que é da boca pra fora Ou você me engana ou não está maduro Onde está você agora? Quando a gente gosta é claro que a gente cuida Fala que me ama, só que é da boca pra fora Ou você me engana ou não está maduro Onde está você agora? Quando a gente gosta é claro que a gente cuida Fala que me ama, só que é da boca pra fora Ou você me engana ou não está maduro Onde está você agora?... Caetano Veloso POR: Wcastanheira Hoje um mimo para q as pessoas q dizem amar, pensem, meditem sobre suas fórmulas de amar, pq vc me deixa tão solto, pq vc não cola em mim? Nem todos(a) gostam de tanta liberdade...Pra vcs bjos e bjos.

terça-feira, 10 de abril de 2012

Ela estava linda, num vestido de alcinhas...

Naquele dia, nada de novo estava programado, apenas uma viagem a mais, um dia a mais na cidade, a beleza natural do Rio de Janeiro envaidece-me apenas por conhecê-la, sinto-me privilegiado, o sol ia aos poucos caindo e delineando em douradas as águas do Leblon, a princesinha toma um aspecto diferente de todas as praias ao cair da tarde, após mais um dia ensolarado, tomei um repousante banho, sequer preocupei-me em buscar uma roupa, tal era minha predisposição em permanecer no quarto até bem mais tarde, TV ligada pra distrair, sobre a cama lençóis simétricamente alinhados e travesseiros em harmonia com a mesma simetria, coisas que inventaram apenas para cobrar mais caro a estadia, penso eu. Com a toalha discretamente enrolado fui à janela visualizar o momento poético que a natureza oferece em cada entardecer do Leblon, o interfone toca desavisadamente, _ Sr, visita, pode subir? -0 nome por favor, D ...(surpresa, uma inesperada, agradável e imensurável surpresa) –Uau mande subir... Abri a porta devagar, primeiro percebi o deslocamento do elevador, meu coração acelerou, as batidas pareciam disritimadas, fora do compasso, ela, a menina do avião, mas havia entre nós tão pouca cumplicidade, apenas uma viagem de duas horas, uma troca de telefones e endereços na cidade maravilhosa, porém...Havia ficado entre nós um imenso desejo de ficar mais um pouquinho, mas como imaginar este momento imprevisível? Não sei, em breve tempo saberei... _Tiiiiooo, que legal, que sonho estar com você, que apto lindo, hein? Nos enlaçamos num vôo de corpo a corpo, ao vê-la, meu instinto se inflama, ela me enlouquece em record de tempo, ficamos ali, envolvidos, embriagados, sem palavras, apenas atos e gestos, ela chegou no cio e com gana, sem palavras, sem rodeios e assim nos perdemos em abraços, beijos e devaneios, sei lá o que o destino havia prescrito... Ela estava linda num vestido solto, leve, de alcinhas que deixavam ver seu ombro nú, belos brincos embelezavam ainda mais seu corpo juvenil, como uma deusa ela flutuava em meus braços, deixamo-nos cair sobre o macio do carpete, a beleza da natureza naquele momento contrastava com a poesia e a paixão de dois corpos surpreendetementes absortos pela paixão e pela tesão, minha audição estremece e minha pele arrepia, doce arpejo, indescritível momento, o desejo voa, estremeço todo, viajo na delicia do estremecer de paixão e prazer... Soa o silêncio entre nós, uma voz doce e suave ao meu ouvido, _tio, você é maluco, nós somos doidos, que maravilha...Beijei-a com carinho e amor, sua juventude maluca e sua entrega, fizeram-nos cavalgar sem dimensionar energias, calou minha mente louca...Reconfortado, em transe. Adormeci o sono do prazer...A mão macia e suave deslizava em corpo, sua voz branda e delicada sussurrava ao meu ouvido, ao virar-me cai enlaçado em seu abraço e assim naveguei em nova e emocionante aventura de amor, e assim sem relógio para marcar o tempo, sem tempo para o pudor, vivemos mais um ato de...Amor. POR: W castanheira Em delírios de um final de tarde, o conto não pode parar andava com saudades dos meus próprios delírios, um mimo, adoro isto.Um carinho para o encanto do Leblon. Pra vcs bjos e bjos.

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Quando digo q t amo...Rei Roberto Carlos

Quando digo que te amo Não estou dizendo nada Não encontro as palavras Do tamanho desse amor Quando digo que te amo É o que eu estou sentindo E o que existe de mais lindo Ainda é pouco pra este amor E se alguém me perguntar Se é possível se medir o meu amor Eu vou falar Que o mesmo que contar Com um conta-gotas Quantas gotas tem o azul do mar Mas se você quer saber O tamanho desse amor que é tão bonito Eu não sei o dizer Pois não sei qual o tamanho do infinito Quando digo que te amo Eu ainda estou mentindo Se o que eu digo de mais lindo Ainda é pouco pra esse amor E se alguém me perguntar Se é possível se medir o meu amor Eu vou falar Que o mesmo que contar Com um conta-gotas Quantas gotas tem o azul do mar Mas se você quer saber O tamanho desse amor que é tão bonito Eu não sei o que dizer Pois não sei qual o tamanho do infinito Quando digo que te amo Eu ainda estou mentindo Se o que eu digo de mais lindo Ainda é pouco pra esse amor Roberto Carlos Por: Wcastanheira Hoje copiando e colando esta mimosura de poesia, em homenagem àquelas pessoas q entendem q o amor deve ter uma medida, eu...Não sei como medir o amor, q tamanho ele tem, q extenção ele tem? Não sei, qdo digo q t amo, eu ainda estou mentindo. Pra vcs bjos e bjosss.

domingo, 8 de abril de 2012

O significado da PÁSCOA!!

A páscoa cristã celebra a ressurreição de Jesus Cristo, que de acordo com a Bíblia ocorreu três dias após a sua crucificação. É comum em todas as igrejas cristãs, o domingo ser um dia destinado à comemoração da ressurreição de Cristo, realizada através de Eucaristia, porém o domingo de páscoa é diferenciado dos outros, neste é celebrado o aniversário da ressurreição, a festa da vida. A festa da páscoa faz referência à última ceia de Jesus com os discípulos, sua prisão, julgamento, condenação, crucificação e ressurreição. A celebração inicia no domingo de Ramos e termina no domingo de páscoa, período compreendido como Semana Santa. A páscoa é uma das festas mais antigas, e a principal festa do ano litúrgico cristão. Surgiu em Roma no início do segundo século. A forma de calcular o domingo de páscoa é contando 46 dias a partir da quarta-feira de cinzas. A páscoa cristã acontece antes da quaresma, período que dura 40 dias entre a quarta-feira de cinzas e o domingo de Ramos, que ocorre uma semana antes da Páscoa. A festa dos ramos relembra a entrada de Jesus em Jerusalém, pouco antes de sua morte. Extraído da internet Por: Wcastanheira Com o desejo d q possamos renascera cada dia no amor, perdão e caridade ao nosso semelhante.Pra vcs BJOS E BJOS.

sábado, 7 de abril de 2012

Eu vim para q todos tenham vida...Padre José Weber.

E de repente, conforme as escrituras prediziam, se fez luz... Por: Wcastanheira Com a morte de CRISTO os pecados do mundo foram expiados e com ELE, NELE e por ELE, renascia um mundo de esperança. Eu vim para que todos tenham vida, que todos tenham vida plenamente. Reconstrói a tua vida em comunhão com teu Senhor. Reconstrói a tua vida em comunhão com teu irmão, Onde está o teu irmão, Eu estou presente nele. Eu vim para que todos tenham vida, que todos tenham vida plenamente. Eu passei fazendo o vem, eu curei todos o males. Hoje és minha presença junto a todo o sofredor. Onde sofre o teu irmão, Eu estou sofrendo nele. Eu vim para que todos tenham vida, que todos tenham vida plenamente. Quem comer o Pão da Vida viverá eternamente. Tenha pena deste povo que não tem o que comer. Onde está um irmão com fome, Eu estou com fome nele. Eu vim para que todos tenham vida, que todos tenham vida plenamente. Entreguei a Minha Vida pela salvação de todos. Reconstrói, protege a vida de ondefesos e inocentes: Onde morre o teu irmão, Eu estou morrendo nele. Eu vim para que todos tenham vida, que todos tenham vida plenamente. Vim buscar e vim salvar o que estava já perdido. Busca, salva e reconduze a quem perdeu toda a esperança: Onde salvas teu irmão, Tu me estás salvando nele. Eu vim para que todos tenham vida, que todos tenham vida plenamente. Q todos tenham uma FELIZ PÁSCOA de amor, caridade e perdão. Pra bvcs bjos e bjos.

sexta-feira, 6 de abril de 2012