Pesquisar este blog

sábado, 20 de janeiro de 2018

Vai, se você precisa ir....



Vai, se você precisa ir, vamos dar um tempo, para respirar, para repensar, quem sabe parar ou como tantas vezes, recomeçar.
Não quero mais brigar esta noite, nem em outras noites ou outros dias, quero você leve, decidida com seus traumas, seus amores e suas dores.
Nossas acusações infantis em nada nos levam, à caminhos algum nos conduzem, são palavras soltas e perdidas, coisas que passaram em nossas vidas.
E por vezes palavras mordazes que machucam tanto, como sempre, só nos fazem sofrer e não vão levar a nada, como sempre apenas se repetem e corroem, machucam nossa relação, nosso amor, nossas vidas.
Vai, clareia um pouco a cabeça, já que você não quer mais conversar.
Já brigamos tanto, esvaziamos nossas possibilidades de machucar um ao outro, nos agredimos, nos transgredimos, com palavras, com tentativas de magoar.
Mas não vale a pena.
Vou ficar aqui, com um bom livro ou com a TV ou quem sabe escrevendo algo, sobre nós ou sobre você.
Sei que existe alguma coisa incomodando você, que perturba, que inquieta, não sei se é seu jeito de ser ou ainda alguém balança, inquieta seu coração e alma.
Meu amor, cuidado na estrada, ande devagar e segura.

Nem precisa levar a chave, a porta e janela ficará entre aberta, meu coração e alma, em estado de alerta...
E quando você voltar.
Tranque o portão, regue as plantas na varanda.
Feche as janelas
Apague a luz
e saiba que te amo...

POR: Wcastanheira  Em delírios do poeta, hoje, apenas assim, delirando...Pra vcs bjinhos e bjinhos.

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Amores das almas... Olavo Bilac



...nem sempre quando a vida nos apresenta alguém, isso significa que essa pessoa ficará conosco, pode apenas ser um encontro de almas, que conduziram corpos para que matem a saudade da carne e dos olhares.
Às vezes, tais pessoas, que previamente nos remeteriam à uma realidade ilusória ou platônica, que seriam namorados ou companheiros  por uma vida inteira nesta terra,  que viveriam os prazeres da vida em perfeita comunhão e poderiam gerar filhos e deixar rebentos eternos, podem aparecer por uma outra razão, em muitos casos, são pra nos dizer que, estávamos errados com relação à muitos conceitos que entendíamos serem os corretos, não deram as pessoas o tempo para as almas tomaremsuas decisões, então seguiram os caminhos terrenos para satisfazer aos corpos, apenas.
Que não observamos as necessidades da alma e coração, que seguimos instintos carnais da vida e então as almas ficaram separadas, foram desprezadas, mas não afastadas, andaram sempre por perto, porém é chegado um momento em que necessitam mais um pouco se aproximar, para de algum jeito, de algum modo poder conversar, um ao outro o amor que elas tem, este amor mostrar...
Pois vivem em corpos separados, mas em almas unidas...
Olavo Bilac

POR: Wcastanheira Em delírios do poeta, hoje compartilhando este mimo de Bilac, acho q absolutamente exato, é Bilac em sua plenitude. Pra vcs bjinhos e bjinhos.

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Amor idealizado....Pe Fábio de Melo



É preciso tomar cuidado com as paixões impossíveis ou assim, quase, nestes casos achamos que quanto mais difícil for para conquistar a pessoa, melhor, mais seduzidos ficamos, chegamos até a achar que não é amor, se a relação surgiu repentinamente quase que inexplicavelmente, lutar desesperadamente por alguém, isto não é amor, isto é vontade de ganhar, não é vontade de amar.
Este amor idealizado, quase que personalizado, tipo, tem que ser meu ou não é de ninguém, é que gera tanto sofrimento.
Se o amor não é correspondido, deve-se simplesmente deixar a outra pessoa ir embora, viver sua vida livre e solta, amor não pode ser posse, ser obsessão, é amor e pronto.
Se um amor não correspondido está gerando muito sofrimento, provavelmente não se trata de um amor verdadeiro, sendo apenas uma idealização feita da pessoa, em que alguém se apaixona por aquilo que pensa que o outro é, e não por aquilo que ele realmente é.
Não fique sufocando, cobrando, exigindo, pois se for amor, se é amor, fica, permanece, se eterniza no coração, entranhas e alma, bem assim....

POR: Wcastanheira  Em delírios do poeta, hoje copiando esta mimosidade do Pe. Fábio de Melo. Pra vcs bjinhos e bjinhos.