Pesquisar este blog

Carregando...

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Amar à distância...

Amar à distancia, exige muita dedicação, exige quase deixar sangrar e aos poucos ir buncando meios e jeitinhos para pelo menos estancar uma dor que aperta, que sufoca e parece que vai extinguir  coração e alma da gente.
Me arrisco a dizer que relacionamentos à distância são mais fortes que todos. 
A saudade aperta, as horas não passam,  os dias parecem semanas e as semanas então, transformam  se em meses para a tolerância do pensamento e a invasão da saudade, o telefone parece insuficiente e o coração quase desiste. 
Mas quando se reencontram é como se nada importasse mais do que aquele momento. 
É como se todos abraços e beijos do mundo não fossem suficientes, a dor  oferece lugar a festa quase interminável do prazer da alma que invade o gosto e a alegria incontroável de estarem novamente juntos e assim, ora assim a vida continua e tudo parece que nem aconteceu, pois somos de novo só você e eu...
É como se a saudade inundasse no peito e transbordasse em alegria. 
Ficar juntos é a recompensa por aguentar tanto tempo separados.

POR Wcastanheira  Em delírios d eum final de tarde, hoje apenas navegando neste doce delírio que é o encontro ou o reencontro de quem está amando à distãncia. Pra vcs bjinhos e bjinhos.

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Quando você chegar...

Quando você chegar venha com passos leves, surpreenda-me! 
Deixe-me sentir seu perfume trazido pelo vento e vá entrando, a porta estará aberta, pois jamais tive coragem de pelo menos encostar um pouco, deixei assim, escancarada para que todo mundo veja e possa vibrar com sua chegada.
Acenda a luz e ilumine minha vida, acomode se na sala ou na varanda, mas por favor, não invada de vez, vá aos poucos tomando conta daquilo que sempre foi seu, não vá direto ao quarto, pois já nem sei se suporta de tanto esperar, já nem sei se a cama tem lençõis e  travesseiros para receber o tanto de amor que tenho guardado...
Preencha de amor os espaços vazios com seu sorriso, com seu encanto e me abrace, em um abraço que perdure pela eternidade de nossas vidas.
Te peço apenas, que tenhas caridade, quem sabe da fogueira que deixaste encontres cinzas, mas tão ardentes que não mais que num atmo de tempo venham a explodir em fogo e chamas ardentes, venha devagar, venha calma, não levante o tom de voz, pois já nem sei se suporto esperar por te ouvir, sem antes me atirar em seus braços e te cobrir com beijos e mais beijos e te envolver de carinho  e rolar pelo chão e esquecer de vez toda a  arrumação que montei apenas para te esperar.
Venha de qualquer jeito, sorrindo, calada, só não chegues gritando que me amas, pois assim meu amor, nem eu sei se suportarei...
Pois, só eu sei quanto tempo te esperei!

POR Wcastanheira  Em delírios de um final de tarde, hoje navegando na delícia destes inesperados reencontros de amor. Pra vcs bjinhos e bjinhos.

domingo, 14 de agosto de 2016

Eu posso não ser a pessoa certa...

Esse pode não ser o momento certo, mas quem sabe não seja um meio do caminho onde temos que decidir, entre ficar, continuar ou desapegar e assim pela estrada podemos nós longe um do outro, perder o aroma que nos mantém por perto, assim juntos, próximos.
Eu posso não ser a pessoa certa, pois na vida por vezes não sabemos ou não conseguimos ser tudo aquilo que o outro necessita ou espera de nós.
Mas há alguma coisa sobre nós que eu quero dizer, porque há algo entre nós de qualquer maneira, quem sabe anjos ainda que um pouco tarde ou por caminhos que não conhecemos ou ainda não percebemos, nos apresentaram um ao outro.
Eu posso não ser a pessoa certa, esse pode não ser o momento certo, mas há algo sobre nós que eu tenho que fazer, algum tipo de segredo que eu compartilharei com você, algo me diz que preciso do seu carinho e da sua atenção, ainda que lhe pareça que posso não ser a pessoa certa, mas quem sabe nas curvas da estrada ou nos desvios dos caminhos um dia iremos nos encontrar e de verdade sendo um o certo para o outro, pois parece que preciso de você mais do que qualquer coisa em minha vida, deixe o tempo andar, a vida caminhar  e quem sabe com o tempo eu venha a me encaixar e quem sabe um pouco mais poder lhe ofertar...
Eu quero você mais do que qualquer coisa em minha vida, se você desaparecer, sumir de  algum modo, sentirei sua falta mais do que de qualquer um em minha vida. 

Eu amo você mais do que qualquer pessoa em minha vida, ainda que eu de algim modo não seja a pessoa certa, se ajeite comigo, se acomode comigo, se não for  por amor, quem sabe do carinho um dia floreça o dito, amor.

POR> Wcastanheira  Em delírios d eum final de tarde, hoje apenas delirando, coisas dstes poetas malucos e visionários. Pra vcs bjinhos e bjinhos.

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Nem que seja só por hoje, numa fugidinha destas, eu quero...

“Eu não quero muito, nem que seja só por hoje, numa fugidinha qualquer.
Eu só quero um colo que esteja disposto a me abrigar em dias ruins, um colo pra repousar a cabeça e o corpo inteiro. 
Nem que seja só por hoje, numa fugidinhas destas, eu quero um colo que eu possa voltar pra sempre, só um colo, um colo sincero, sem obrigações. 
Nem que seja só por hoje, numa fugidinha destas, eu só quero pés entrelaçados em noites frias. E também mãos entrelaçadas em dias quentes, quero chocolate de colher na boca, sorvete melando o nariz e pipoca que acompanhe um filme no final da tarde. 
Quero bons diálogos quando o mundo inteiro me parecer cuspir ignorância, só por hoje, numa fugidinha destas quero ser ignorante e ter quem me entenda mesmo assim, eu só quero me sentir único, insubstituível, essencial, quero alguém sem interrogações, acho que não peço muito, apenas que você me transmita força, coragem e confiança. 
Quero me perder e me encontrar nos seus olhos, mas quero olhos que me enxerguem além do que permito enxergarem, quero rodopiar e não me sentir tão tonto à ponto de cair, quero não cair, quero braços fortes que não me deixem chegar ao chão. 
E braços ainda mais fortes que me tirem dele, só quero viver um prazer contínuo e não achar que algo, no fundo, está muito errado por isso, quero dar gargalhadas e não me importar com o volume exaltado. 
Nem que seja só por hoje, numa fugidinha destas, quero não me importar, mas ainda assim ser importante, quero muito, mas não quero nada, nada que não me faça flutuar, nada que tire o brilho do meu olhar, nada que me desaprenda a andar. 
Eu só quero lembrar e rir, depois chorar, rir de novo, quero mergulhar sem me preocupar com a profundidade. 
Quero não me preocupar mais tanto, tanto e tanto, só quero deixar a mente livre, o coração aberto e os pensamentos fluindo. 
Nem que seja só por hooje, numa fugidinha destas,  quero ser inundado de sensações novas. Quero torcer por algo e sorrir mesmo que dê errado. 
Quero pular como se alcançasse o céu e depois me contentar com meus pés no chão.
Nem que seja só por hoje, numa fugidinha destas, quero experimentar a sensação de ser e viver feliz com você minha musa”

 POR> Wcastanheira  Em delírios de um final de tarde, hoje navegando na deliciosa experiência de abstratamente largar tudo indo de encotro à felicidade. Pra vcs bjinhos e bjinhos.

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Hoje senti sua falta...

Hoje senti sua falta, como sempre sinto.
Senti saudades de mim, saudades de você,
saudades de nós, saudades da minha felicidade,
do seu sorriso, do seu viver.
Hoje mais do que nunca senti sua falta.
Falta dos teus olhos,
falta dos meus olhos nos seus.
Falta do seu olhar,
falta da alegria no meu olhar.
Hoje senti que preciso de você,
senti sua falta. Falta de ouvir "amor meu",
falta de ser o amor seu.
Falta de
ter com quem falar,
falta de ter você comigo!
Sinto saudades, saudades de você.
Saudades do seu carinho...
Saudades da sua certeza...
Saudades da menina, da mulher.
Saudades de você, amor meu...

Saudades de tomar um café com você
de fazer rapidinho uma jantinha ou um lanchinho.
Saudades de tudo, do amor, do carinho, do sexo e do colinho.
Senti falta de ouvir que sou o amor seu...
Hoje senti sua falta, como sempre sinto...
Saudade de você meu anjo, minha musa linda...


POR< Wcastanheira  Em delírios de um final de tarde, hoje navegando neste sentimento mágico que invade e inspira aos corações dos poetas e poetizas, saudade. Pra vcs bjinhos e bjinhos.

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Motivo...Cecília Meireles


Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem sou triste:
sou poeta.

Irmão das coisas fugidias,
não sinto gozo nem tormento.
Atravesso noites e dias
no vento.

Se desmorono ou se edifico,
se permaneço ou me desfaço,
— não sei, não sei. Não sei se fico
ou passo.
Sei apenas que canto a vida e o amor
e para o poema a noite tem boca e o silêncio grita..

Sei que canto. E a canção é tudo.
Tem sangue eterno a asa ritmada.
E um dia sei que estarei mudo:
— mais nada.
Eu canto apenas porque o instante existe
e poeta não tem que ser
alegre ou triste.
Canto em asa ritmada pois poeta, é poeta
mais nada...
Cecília Meireles

POR< Wcastanheira  Em delírios de um final de tarde, hoje viajando na delícia do poema mágico da Cecília. Pra vcs bjinhos e bjinhos.

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Amar por vezes dói...

Porque sofrer com um amor se posso ser feliz com ele?
Porque amar doi tanto assim?
O amor não tem explicação,
o amor não tem noção,
O amor não tem razão!
O amor foge de qualquer regra,
mas pra que regra no amor?
Se não vão se respeitadas mesmo!
É tudo sem explicação...
Só quem sente sabe dizer,
mas mesmo assim não sabe explicar!

Amar dói e aperta ao coração, mesmo assim prefiro o amor
ainda que não saiba dele pelo menos a razão..
Dói mas faz bem ao meu coração.

POR> Wcastanheira  Em delírios de um final de tarde, hoje apenas delirando, só...Pra vcs bjinhos e bjinhos.