Pesquisar este blog

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Quero alguém que me ame demais...


Quero alguém que me ame demais, que extravaze este sentimento, que me faça sentir o prazer e o deleite que sentem os amados.
Quero sentir na pele, na alma, coração e entranhas, este sentimento estranho que chamam de amor.
Não quero amor de primeiro dia, amor de verão, amor de outono, primavera, inverno, quero por inteiro finalmente metades lhes faltam a outra parte para ser inteiro, quero um amor que de tão completo, possa extravasar meu coração, minha alma, meu ser como um todo...
Quero estações completas, apaixonadas e sinceras.
Quero ter a certeza - e senti-la - de que tudo é mesmo real e de que eu mereço, quero a certeza de que sou amado por inteiro, não quero alguém por perto, não desejo alguém esperando a sobra nem ao menos desejando que tudo acabe, quero a paz de um porto seguro.
Quero que este amor, me leve a perder, a esquecer as dúvidas, os medos, as inseguranças que sentem e vivem aqueles que amam.
Quero alguém que me abrace forte, que me diga o que pensa, que não tenha medo de ficar calado ou de falar.
Quero alguém que não me diga o que eu quero escutar, mas o que eu preciso.
Nem preciso ser o primeiro, mas desejo que seja eu, o último, ser amado é uma questão de ser encontrado e de ser desejado por inteiro, quero um amor que não deixe duvidas, mas que seja leve, que não sufoque que deixe em mim a liberdade de em sentindo amado, esteja libertado de buscar por outro amor, de tentar outro sentimento que não seja apenas e tão somente, este louco amor.
Não quero uma vida inteira, quero momentos.
Rir quando a vontade bater, deixar as lágrimas rolarem quando as emoções forem fortes, quero experimentar este amor, pode nem ser o último, mas que deixa a marca impressa no coração e na alma, fui amado...
Quero um muro, uma rocha, algo como certeza, força, grandeza.
Não quero beleza, nem dinheiro, quero sexo, carinho, desejo, quero jeito.
E quero com amor e carinho, ser capaz de ser tudo isso também.

POR: Wcastanheira  Em delírios de um final de tarde, hoje navegando na delicia q dv existir nestes imensuráveis amores da vida q alguns chamam de paixão. Pra vcs bjinhos e bjinhos.

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Saudade...


Quando penso em você me sinto flutuar,
me sinto alcançar as nuvens,
tocar as estrelas, morar no céu...
Tento apenas superar
a imensa saudade que me arrasa o coração,
mas, que vem junto com as doces lembranças do teu ser.
Lembrando dos momentos
em que juntos nosso amor se conjugava
em uma só pessoa, nós...
É através desse tal sentimento, a saudade,
que sobrevivo quando estou longe de você.
Ela é o alimento do amor que encontra-se distante...
A delicadeza de tuas palavras
contrasta com a imensidão do teu sentimento.
Meu ciúme se abranda, minha duvida se acalma com tuas juras
e promessas de amor eterno.
A longa distância apenas serve para unir o nosso amor.
A saudade serve para me dar a absoluta certeza de que ficaremos em algum dia para sempre unidos...
E nesse momento de saudade, quando penso em você,
quando tudo está machucando o meu coração
e acho que não tenho mais forças para continuar;
eis que surge tua doce presença,
com o esplendor de um anjo;
e me envolvendo como uma suave brisa aconchegante, meio que me dizendo, te acalma, respira, está chegando o dia do teu mágico encontro com ela, segura teu amor e tua paciência...
Tudo isso acontece porque amo e penso em você...

POR: Wcastanheira  Hoje copiando este delírio maravilhoso deste mágico do poema e do encanto do faz de conta. Pra vcs bjinhos e bjinhos.

sábado, 14 de janeiro de 2017

O amor é o amor...


Andei pensando nestas emoções às quais nos leva o ato de amar.
Nas sensações de medo, de angustia, misturadas com prazer e sentimento de que encontramos o verdadeiro paraíso, misturei conclusões, encontrei vários motivos para dizer que amar é estar feliz ou ainda é fazer, sentir que alguém está feliz conosco.
Amar é como andar de montanha russa...
Você olha e fica fascinado, louco para experimentar.
Tem quem não pensa duas vezes e se entrega de corpo e alma, coração, entranhas, verdadeiramente inteirinho.
Tem quem fique apenas olhando com medo do que possa sentir, prefere não arriscar está bem, assim como está ou já amou e sofreu, acha que errou, parou...
Tem quem vá mesmo com medo e não consegue aproveitar o turbilhão de sensações que aquele inocente brinquedo provoca. Anda, participa, está dentro, mas não relaxa.
Fecha os olhos e não desfruta do momento.
Mas tem quem apesar de todos os medos e sensações consegue abrir os olhos, levantar os braços, gritar feito louco pra poder extravasar toda a emoção que está sentindo, se entrega, se deixa, se permite envolver em todas as virtudes e falhas do sentimento chamado amor, arrisca tudo, é prazer ou sofrer, se der certo valeu, se não deu, amou...
Talvez isso seja viver intensamente a vida, o amor em todas as suas complicadas e prazerosas emoções, pois amor é amor e vale por ser amor.

POR: Wcastanheira   Em delírios de um final de tarde, hoje delirando, poetizando este sentimento que envolve poetas e suas musas, a magia do poema e da vida, o amor. Pra vcs bjinhos e bjinhos.