Pesquisar este blog

domingo, 22 de julho de 2018

Sentir-se amado


Sentir-se amado é quando você encontra uma pessoa que zela pela sua felicidade, que se preocupa quando as coisas não estão dando certo, que sugere caminhos para melhorar, que coloca-se a postos para ouvir suas dúvidas e que dá uma sacudida em você, caso você esteja delirando. 
Sentir-se amado é encontrar uma pessoa que, não seja tão severa consigo mesma, que de vez em quando te diga, _"relaxe um pouco, vou te trazer um cálice de vinho".
Sentir-se amado é chegar ao ponto de apostar tudo naquela pessoa, saber que ela não é capaz de mentir, de trair sua confiança em todos os sentidos, ver nela a magia do amor e sentir nela  a força da  amizade mútua.
Sentir-se amado é ver que ela lembra de coisas que você contou anos atrás, é vê-la tentar reconciliar você com sua família ou seus desafetos, é ver como ela fica triste quando você está triste e como sorri com delicadeza quando diz que você está fazendo uma tempestade em copo d´água. "Lembra que quando eu passei por isso você disse que eu estava dramatizando? Então, chegou sua vez de simplificar as coisas. Vem aqui, tira este sapato." 

Isto é carinho, é amor, faz sentir-se amado, é o cafuné, é banho juntinho é a toalha   sequinha, é o detalhe de cada momento, é o colo, é o, _vem cá que vou te contar a verdade...
Sentem-se amados aqueles que perdoam um ao outro, errar é humano, é tão possível... 

Buscar alguém que jamais erra, é não dar chance de ser amado, desista, a verdade e a mentira andam juntas e são inerentes ao ser humano, quantos amores já nasceram da mentira de que seria apenas um passeio e não era, foi um encontro, quantas festas eram para apenas aproximar aqueles dois e quantos jantares que deveriam ter companhia, mas não tiveram e os dois se viram a sós e a dois se encontraram, faltou a verdade que talvez não deixasse o amor nascer.
Sentir-se amado é quando os dois não transformam a mágoa em munição na hora da discussão, conversam e no diálogo chegam a conclusão sensata.
Sente-se amado aquele que se sente aceito, que se sente bem-vindo, que se sente inteiro, que sem limites é internado num coração e numa alma por amor.
Sente-se amado aquele que tem sua solidão respeitada, aquele que sabe que não existe assunto proibido, todos os assuntos devem ser conversados e olhados um no olho e no coração do outro, pois tudo pode ser dito e compreendido. 
Sente-se amado quem se sente seguro para ser exatamente como é, sem inventar um personagem para a relação, pois personagem nenhum se sustenta por muito tempo. Sente-se amado quem não ofega, mas suspira; quem não levanta a voz, mas fala; quem não concorda, mas escuta.
Agora sente-se e escute: eu te amo não diz tudo, a verdade alimenta diariamente o amor, a mentira faz o trabalho do cupim, vai corroendo por dentro, o amor busca o equilíbrio e o perdão, mas a mentira tem o poder de descompassar as medidas em que você foi ou está sendo amada(o). . .  

O perdão e a compreensão de cada momento também faz o amor crescer e você sentir-se amado(a), quem ama, nas dificuldades da relação sabe socorrer ao outro com amor e caridade.

POR: Wcastanheira  Em delírios do poeta, hoje navegando, delirando nestes desencontros do amor que nos levam à crescer no próprio amor, entendeu? Nem eu, pois amor não tem lá muita explicação. Pra vc bjinhos e  bjinhos

sexta-feira, 20 de julho de 2018

Saudades de você....


Saudades da tua boca quando me beija, da tua língua sôfrega e insensata quando louca percorre meu corpo, das tuas mãos quando me tomam e dos teu ardentes lábios quando me domam.
Saudades do teu corpo que me aquece, me toma e de algum modo me domina.
Saudades destes braços quando me abraçam, destes seios que me enlouquecem e quando parece que desfaleço de tanto amor de tantos prazeres, sabes como ninguém, minhas forças refazeres.
Sinto saudade da maneira como tuas curvas me levam à devassa e do modo como cada perna tua, me enlaça.
Saudades do seu gemido ou meu ouvido, quando me deseja.
Saudades do teu doce suspiro quando se larga e do teu ventre quente quando me guarda.
Saudades do teu belo corpo que eu vi e dos momentos que nunca esqueci, da mulher que em ti senti e de tudo que vem de ti.
Saudade, este sentimento que me angustia e invade, até sua volta meu amor, será sempre e sempre, saudade.

Por: Wcastanheira Em delírios do poeta, pensando na saudade dos grandes amores vividos e jamais esquecidos. Pra vcs beijinhos e beijinhos.

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Paixão, obsessão...


Quero dormir com você ou pelo menos
Te dar um beijo na boca
O meu amor não tem pudor, nem acanhamento
Não tem paciência, não agüenta mais
A urgência do desejo
E eu te olho, te olho, te olho
Como se dissesse.
Penso, ele há de perceber, me encosto um pouco
Espero um gesto, um sinal, uma atitude
Que eu possa interpretar como uma resposta,
Uma indicação,
Mas você é um homem sério e continua
Se escondendo atrás dessas teorias
E nem te brilha no olho uma faísca de tentação.
Aí que aflição
Pensar no que eu faria
Se pudesse.
Desejo que não acontece
Fica parado no peito
Aí vira obsessão.
Loucura eterne e interminável
Paixão
Obsessão
Tesão...

Bruna Lombardi

POR : Wcastanheira Em delírios do poeta, um pouco mais desta louca e devassa poetiza linda e apaixonante Bruna lombardi, a musa do poeta Quintana. Pra vcs bjinhos e bjinhos