Pesquisar este blog

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Meu medo, não é gostar de você...

Meu medo não é gostar de você é de apenas permitir que você venha à perceber...
Perceber que quando te encontro e quando te olho meu corpo parece estremecer, minhas mãos transpiram, suam frias, minhas pernas ficam bambas parece que vou desmaiar sem sentidos, meu medo é que você perceba meu coração a disparar e até perceber que minha fala quase não sai, apesar de alguns ensaios você pode notar que esqueci aquilo que havia trazido para te dizer, meus olhos parecem faiscar, ficam com incontrolável brilhar e até meu estomago de nervoso parece que tem borboletas a voar e mesmo sem querer, meu corpo parece adormecer...
Meu medo é tentar e não conseguir esconder, eu não gostaria que você soubesse do amor que sinto por você, mas nestas horas sempre me entrego, não consigo esconder, acho que é dificíl, você, não perceber.

Por: Wcastanheira Em delírios de um final de tarde, viajando na angústia que é não deixar transparecer o quanto é forte, nosso querer. Pra vcs bjos e bjos.

5 comentários:

  1. Parabéns por mais essas belas palavras amigo!!!
    Beijinhos, Té
    www.bloglola.com.br

    ResponderExcluir
  2. O amor tem destas cores e elas são o melhor que a vida tem.
    Parabéns.
    Quem nunca sentiu estas sensações não sabe o que é o amor...

    ResponderExcluir
  3. Adorei o texto, arrasou ♥♥♥
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. O pior é se ele a perder né.. o amor é lindo mesmo.

    ResponderExcluir