Pesquisar este blog

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Você, meu delírio...

No calor dos teus braços envolvo meu corpo e deixo meu prazer viajar na delicia deste quase divino momento e assim delirando em teu corpo, viaja minha poesia e sutilmente vou caminhar por tuas entranhas, curvas e montanhas, quero assim sutilmente pensar e sobre nós meu verso, versejar.
Andar no aroma dos teus dias, sentir teus arrepios, respiros e calores, quero ser teu homem para esbaldar meu sentimento sem pudores, me atirar em tuas ondas em teus desejos inteiro me banhar e assim a toda hora em teu corpo, pra te ver feliz, mergulhar.
Quero beber na tua fonte quente, sugar teu mel, em prazer e loucuras me embriagar e nas teias do teu corpo, navegar e onde quiser e quando desejar, me aconchegar.
Você é meu delirio, minha loucura, assim no calor da tua fogueira, quero deixar meu prazer e contorcida em gemidos e gritinhos te ver, feliz  em paz...Adormecer

O que mais me encanta... em você,
É o teu peito, num vestidinho colado,
A tua sensualidade ardente
Teus dentes separados na frente. Frejat


POR: Wcastanheira    Em delírios de um final de atrde, hoje, viajando, delirando é...Apenas isso, coisas de um poeta visionário. Pra vcs bjos e bjos.

6 comentários:

  1. A sensibilidade deste escrito é maravilhosa, um "mimo" rsrs

    ResponderExcluir
  2. Uau!!!!

    Como sempre arrebatador tio, isso que é inspiração.

    www.reticenciando.com

    Milhões de beijos

    ResponderExcluir
  3. Que mimo! Como pode ser tão romântico? rsrs

    Adolecentro

    ResponderExcluir
  4. Boa noite Castanha,
    hoje..." Em delírios de um final de tarde, hoje, viajando, delirando"
    Faço minhas as tuas palavras...Ai,ai, suspirando!
    Abraços carinhosos

    ResponderExcluir
  5. Linndo texto, cheio de romantismo *-* ..tenha um ótima semana beijos..

    ResponderExcluir