Pesquisar este blog

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Amante à moda antiga. Rei Roberto...






Eu sou aquele amante à moda antiga,
Do tipo que ainda manda flores;
Aquele que no peito ainda abriga
Recordações de seus grandes amores.

Eu sou aquele amante apaixonado,
Que curte a fantasia dos romances,
Que fica olhando o céu de madrugada
Sonhando abraçado à namorada.

Eu sou do tipo de certas coisas
Que já não são comuns nos nossos dias:
As cartas de amor, o beijo na mão,
Muitas manchas de batom
Daquele amasso no portão.

Apesar de todo progresso,
Conceitos e padrões atuais,
Sou do tipo, que na verdade,
Sofre por amor e ainda chora de saudades,

Porque sou aquele amante à moda antiga,
Do tipo que ainda manda flores.
Apesar do velho tênis e da calça desbotada,
Ainda chamo de querida a namorada.
Roberto Carlos


Por: Wcastanheira Pra uma pessoa especial q anda inquieta a dizer q a poesia já não tem valor, q no mundo não há mais lugar para os romanticos pois precisamos ser práticos e objetivos. Amiga, sinta a pureza da flor, imagine a suavidade de cada entardecer, tente sonhar c/a beleza de cada amanhecer, busque algo no encanto da calma do mar ou na beleza do mar enfurecido, apenas olhe o céu lindo azul ou quem sabe na sua imensidão cinza escuro qdo parece q vai chover, veja nele o mistério da beleza das formas em cada nuvem, se ainda assim em nada perceberes romantismo, pare tente entender como grita o sil~encio do teu coração ou ainda apenas olhe como gorgeiam e como festejam a vida os pássaros que ornam teu céu. Pra vcs bjos e bjos.

3 comentários:

  1. Desacreditar do amor ? Nunca...Jamais.
    Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  2. Amor sempre terá o seu lugar e com ele o romantismo.
    Um grande bj querido amigo

    ResponderExcluir