Pesquisar este blog

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

A falta que tua falta me faz...




Quando percebo sua falta, a cama em desalinho fico a pensar, a meditar, sózinho...
Não sou poeta,nem sei se sei escrever, pois uma dúvida me assalta:
O que faz um poeta quando as palavras lhe faltam?
O que faz um poeta quando uma rima não lhe vem à cabeça ou quando não consegue exprimir no papel, uma idéia, uma emoção, uma inspiração?
Hoje, isso se passa comigo, não sei definir tua ausência, a falta que tua falta me faz, a inexistência de teu sorriso na minha vida, da tua pele na minha? Do roçar mágico do teu corpo no meu, nem sei, apenas sei do corpo teu...
O que é não sentir o gozo de teu corpo entrelaçado ao meu? Gostaria de ser um poeta e saber exprimir essa angústia, essa tristeza que é a vida sem ti...Poetas poetizam e talvez saibam o que é não te ter, mas pobre deles, assim, não conseguiram, viver.
Assim volto a solidão da minha existência, é muito melhor sentir esta saudade imensa do que viver e não ter esta, experiência...


Por: Wcastanheira Em delírios de um final de tarde, pensando, viajando na delicia de curtir...Uma boa saudade. Pra vcs bjos e bjos.

2 comentários:

  1. Sim, sem dúvida alguma... Pior que a dor da perda, seria ter vivido tão intenso sentimento!
    Um belo final de semana pra ti!
    Bj
    Helô

    ResponderExcluir
  2. seria não ter vivido... ( corrigindo )

    ResponderExcluir