Pesquisar este blog

sábado, 29 de janeiro de 2011

A menina no coração do poeta.






Meu medo é que você seja um daqueles amores inesquecíveis, que passa o tempo e permanece lá...batendo à porta, insistindo pra voltar ou quem sabe, pra não me abandonar?
Sei que você chega com prazo de validade, mas, se o prazo for por meu coração, negligenciado? Esquecido, abandonado?
Eu, sempre digo, quase grito que vai passar...porém, tenho medo do meu grito, anda perdendo as forças, diminuindo o seu eco.
Não quero passar o resto de meus dias com a sensação de que você está ali, ao ladinho, basta a porta abrir e cai pra dentro do meu coração.
Eu sei que passa...mas e se não passar?
Tenho medo que você seja daqueles amores que passado o tempo, chegada a idade, o coração ainda geme, aperta, dói ao vê-lo.
Alguém diz, _Isso passa...Sei que passa, porém e se voltar? E se não passar?
Nossos delírios, nossos passeios, teu charme de menina, teu encanto escondido, nesta sublime timidez, teu jeitinho de me dizer coisas me parece inesquecível, hoje, meu coração voa ao teu encontro e chegando lá, quer repousar, insiste em ficar, amanhã como direi a ele que tudo passou, que já é amizade, não é mais, amor?
Eu tenho medo de amar você., não por amar você, mas pela certeza de que hei de te perder...
Virá outro amor, ao poeta cabe às musas entender, a cada uma delas versos dedicar, ao poeta cabe gostar, deixar o carinho seu coração inundar, porém a ele não cabe o direito, de amar, a este poeta o amor parece que nada veio explicar, agora menina que fazer, se me deixei por você, enamorar? Devo ficar??

Por: Wcastanheira Em delirios de um final de tarde, viajando na delícia que aos poetas é permitido, passear no etéreo, frequentar ao sétimo céu, dar a mão aos anjos, iniciando a série, Uma menina no coração do poeta". Será que vai dar certo? Anjos dirão, isso é coisa deles. Pra vcs bjos e bjos.

10 comentários:

  1. Olá querido!!!!

    Como vc esta?

    Devo dizer que sempre gosto dos teus textos e me apaixonei pela estória da menina Silsil, rs. Este daqui, cheio de dúvidas e de medo, ficou lindo. Sabe, te vi ali, frente ao mar se perguntando se isso tudo vai ficar pra fazer bem ou mal em vc...

    Que seja sempre para o bem, pq vc merece!!!

    e não tenha medo =)


    Um Beijo

    ResponderExcluir
  2. menino W...

    a menina não quer lhe amendrontar...quer apenas estar contigo sempre que o ♥ chamar...não seja assim desconfiado...atenda sempre o chamado da menina...
    bjks doce ♥

    ResponderExcluir
  3. hummm realmente pode n passar, e mesmo qe passe, saudade tbm faz doer.

    bjoss...

    ResponderExcluir
  4. Acho triste dizer "isso passa", rs

    Um beijo, Querido! Obrigada pela visita!

    ResponderExcluir
  5. Lindo de viver esse seu pensamento.Acho q estou passando por situaçao semelhante... bjks... eu já sei q nao passa...

    ResponderExcluir
  6. Sou marinheira de primeira viagem no seu blog, daquelas que olham encantadas para o mar, suspirando a cada brisa.

    Lindo texto...lindo, lindo!
    Me vi em várias das suas palavras e fiquei pensando: Passar...pq tem que passar?
    Sei que passa, mas não gosto e acho que não deveria...
    Afinal, porque deveríamos então sentir essa tal coisa,que ouso chamar de amor, se é para para "passar" depois?

    Beijo querido!
    (e que seu amor não passe,e que seja saudável e recíproco em toda a intensidade.)

    ResponderExcluir
  7. Penso que é a primeira vez que venho até seu espaço. O que li, aqui, gostei e vou ser seu seguidor. Seja meu também em:

    www.congulolundo.blogspot.com
    www.minhalmaempoemas.blogspot.com
    www.queriaserselvagem.blogspot.com

    Um abração e tudo de bom.

    ResponderExcluir
  8. Querido Poeta de Encanto!

    Permitir-se sentir tudo isso já é muito bom... um poeta deve ter algumas musas para o seu coração, assim penso.. para evitar de se apaixonar por uma que possa machucar seu coração.. a menos que seja recíproco o sentimento e possa ser sentido e vivido com toda a emoção ;) rimou..rs

    Meu querido, deixo beijos, beijos, e muitos beijos para si que adoro imenso... Obrigada por suas palavras em meus blogs, adoro teus carinhos! Desculpe a ausência, fiquei estes dias sem tempo para comentar.

    ResponderExcluir
  9. hum...

    Amores sempre, vem e vão...

    mas cada um diferente..e eles são pra sempre, posi amores são inesqueciveis...

    ah meu caro poeta...pricipalmente pra poetas eles nunca ficam sem uma musa, essa pode passar mas teram outras que te inspirarão...

    XEROOO TIO

    ResponderExcluir
  10. Deixa o amor ficar. Abra as portas do coração e se deixe invadir.

    Bjos

    ResponderExcluir