Pesquisar este blog

terça-feira, 14 de julho de 2015

Ame do seu jeito...

Ame do seu jeito, mas me ame de um modo que não queiras modificar-me, pois a vida já entalhou, já modelou ao meu coração.
Mantenha-se atrás da faixa amarela, não chegue muito perto, não acerque-se de meus traumas, não invada meus mistérios, pois se são mistérios, deixe-os comigo, pois fazem parte da minha carga, não atrite-se com o meu passado, não tente entender nada: é proibido tocar no sagrado de cada um.
Todas as relações do mundo possuem sua prateleira de cristais, eu, tenho a minha e prometo respeitar a possível fragilidade da sua. 
Há sempre um suspense, uma delicadeza ao transitar pela fragilidade do outro. Melhor não falar muito alto, é mais prudente ir devagar e com cuidado para não estragar, pra não quebrar, pra durar por muitos séculos.
Se me amares, faça como disse o poeta na sua magia.
_"Ama-me devagarinho, não grites aos telhados, não acorde aos passarinhos".
Hoje um mimo do poeta, pra você, minha musa.


POR: Wcastanheira  Em elírio de um final de tarde, viajando nas delicias do amor. Pra vcs bjinhos e bjinhos.

Um comentário:

  1. Muito gostoso amar agente co jeito que somos..isto é ser livre amado..

    Bjcas

    ResponderExcluir