Pesquisar este blog

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Pitadas de Quintana, o poeta anjo...

AS INDAGAÇÕES
A resposta certa, não importa nada: o essencial é que as perguntas estejam certas.
Mario Quintana


[O Trágico Dilema]
Quando alguém pergunta a um autor o que este quis dizer, é porque um dos dois é burro.
Mario Quintana

Alma
A alma é essa coisa que nos pergunta se a alma existe.
Mario Quintana

Amizade.
A amizade é um amor que nunca morre.
Mario Quintana


A arte de viver é simplesmente a arte de conviver ... simplesmente, disse eu? Mas como é difícil!
Mario Quintana

BILHETE (meu preferido, entre tantos, um mimo)
Se tu me amas, ama-me baixinho
Não o grites de cima dos telhados
Deixa em paz os passarinhos
Deixa em paz a mim!
Se me queres,
enfim,
tem de ser bem devagarinho, Amada,
que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...
Mario Quintana


DA FELICIDADE
Quantas vezes a gente, em busca da ventura,
Procede tal e qual o avozinho infeliz:
Em vão, por toda parte, os óculos procura
Tendo-os na ponta do nariz!
Mario Quintana

DAS UTOPIAS
Se as coisas são inatingíveis... ora!
Não é motivo para não querê-las...
Que tristes os caminhos, se não fora
A presença distante das estrelas!
Mario Quintana

POR: Wcastanheira     Nesta tarde uma homenagem delicadamente discreta ao poeta anjo, hoje dia do seu primeiro lançamento, o livro: A rua dos cataventos, 05.08.1940, ali começou esta história linda que aos poucos foi tornando-se, maravilhosa, ímpar que vai perdurar por séculos, pois a palavra escrita, imortaliza-se. Pra vcs bjos e bjos.

5 comentários:

  1. Mario Quintana, um grande e eterno poema :)
    Eu adoro muito!!!

    Beijos Té
    bloglola.com.br

    Instagram: stephanieparizi

    ResponderExcluir
  2. Adorei..
    Viva Quintana!


    Curta:
    https://www.facebook.com/BLOGAngelPoubel?ref=tn_tnmn

    Big Beijo ;*
    www.angelpoubel.com

    ResponderExcluir
  3. Lindo, lindo s2.. :) beijos, ótima semana!

    ResponderExcluir
  4. POEMINHA DO CONTRA

    Todos estes que aí estão
    Atravancando o meu caminho,
    Eles passarão.
    Eu passarinho!

    - Quintana, o poeta,
    o eterno passarinho!


    ResponderExcluir