Pesquisar este blog

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Um sonho de amor...

Olhe só para esse céu, segura minha mão, encosta tua cabeça ao meu peito e deixa acontecer...
É noite e o brilho das estrelas traduz a forma como me olhou quando estávamos deitados sobre a grama do seu jardim, lembra? Você estava do meu lado em sua forma mais perfeita e me acariciava com tuas mãos suaves de cuidado, enquanto fazíamos planos por um amanhã brilhante de amor e desejos. Enquanto eu, com a cabeça em seu peito, sentia as batidas de seu coração, com as mãos ávidas por descobrir seu corpo, palmilhava em delícias nunca antes desbravadas, tremia de amor e paixão, transpirava, arfava...
Sentamos e com a delicadeza de uma dama de companhia você levanta, olha-me nos olhos e me chama para dançar, assim nos enlaçamos e rodopiamos alegres, infantis, felizes. 
Nosso palco, eram as estrelas e nossa música era o amor, nosso encantamento era especialmente um ao outro, estrela, lua e adormecidos pássaros, a paz, que paz, o silêncio apenas quebrado por nossos murmúrios, pelas batidas aceleradas dos nossos corações, pelo respirar continuamente volumoso e por momentos tão calmos... 
Repentinamente, calmaria, o som de delicada orquestra, é o som do amor.
Eu não queria ser pego, mas a única coisa que passava pela minha cabeça era a forma como mordia seus lábios olhando pra mim. E nós paramos. 
Você me olhava cheia de ternura e brilho das estrelas. OOh, eu não queria ser pego,queria apenas deixar-me de algum modo ser levado pelo teu encanto mas você me puxou pra junto de si.
Aconteceu, foi o primeiro beijo, foi doce, foi terno, foi maçã, foi hortelã...
Você moldou seus braços à minha cintura, nossos corpos estavam ligados e eu queria te manter ali, presa a mim, pelo elo do nosso beijo e ao prazer do coração. 
Um segundo a mais. 
Você me abraça, um segundo a mais você me beija, um tempinho a mais e você me teria todo, mas... já era tarde.
Você era o brilho da maçã, meu fruto proibido, de algum modo o sol veio, o relógio tocou e... 
Já era tarde, nosso doce sonho acabou.

POR: Wcastanheira    Em delírios de um final de tarde, viajando, na delícia de um sonho de amor, estes sonhos que nos fazem delirar e ao mesmo tempo, acordar.   Pra vcs beijinhos e beijinhos.

8 comentários:

  1. Não fique triste, sonhar é bom, ainda mais um sonho lindo como este.
    Para o titio, bjs, bjs e bjs,
    Renata

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Texto muito belo, rico em detalhes e extremamente romântico, bem do jeitinho que eu gosto :D

    Beijos, Anna
    www.annadecassia.com

    ResponderExcluir
  4. Tio, lindo.

    http://tudodiferentecomsamaralima.blogspot.com.br/
    Instagram - @samaralima_03

    Beijos ♥♥

    ResponderExcluir
  5. Lindo texto.. sempre refletindo, sonhando.. <3

    ResponderExcluir
  6. Oi, você comentou no meu blog pedindo autorização para adaptar um texto... fico muito feliz que você tenha gostado do texto mas não posso te dar autorização nenhuma porque o texto não é meu. Foi escrito pela Jeniffer do blog http://mon-autre.blogspot.com.br/, então você precisa pedir autorização a ela e não a mim. Beijos :*

    ResponderExcluir
  7. Incrível o texto muito lindo e sincero ♥

    ResponderExcluir