Pesquisar este blog

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Teu beijo molhadinho, mordidinho...

  

Teu beijo, assim devagarinho, mordidinho, molhadinho faz minha alma levitar, meu coração disparar.
Gosto deste teu jeito meio atrevida de me querer, destes convites inesperados e do calor destes teus beijos molhados, lambidos e demorados.
Gosto deste jeito de dizer que me ama, quando me envolve, enlaça e derruba, seja na praia ou na cama.
Teu beijo me fascina, pois jamais beijou-me assim, outra menina.
Teu jeito moleca, teu  olhar de menina sapeka, comigo ultrapassa  a todos os limites, mas quem disse que um amor precisa de barreiras? Se contigo fico à deriva, não sei por onde estou, apenas sinto a delicia e o prazer do seu corpo e do seu amor.
Tudo leva-me à uma verdadeira loucura, fico buscando meu equilibrio, mas meu desatino por ti, já não tem jeito, não tem cura.
Nossos encontros furtivos terminam em delírio e loucura, não respeitas meus limites, invades totalmente meus dominios e vais aos poucos fazendo-me soltar amarras, liberar preconceitos, quebrar paradigmas e assim o homem que penso que sou, em tuas mãos, desaba, termina e você com ele, brinca e domina e assim liberto, sou teu, todo teu, minha sapeka menina.

POR; Wcastanheira   Em delírios de final de atrde, hoje navegando na delicia destes amores fortuitos, casuais, fora de época e de tempo, amores atemporais. Pra vcs bjos e bjos.

8 comentários:

  1. Que intenso, provocante.. adorei!! *---*

    ResponderExcluir
  2. Nossa foi de arrancar suspiros adorei!!

    ResponderExcluir
  3. Olá.
    Que texto hem. Mil e uma maneiras de se pensar e de aproveitar o beijo.
    :) gde abrsss
    Blog Fernu Fala II
    Meu Twitter - Fernu

    ResponderExcluir
  4. Ai, ai, ai hem amigo!!! Muito provocante e convidativo esse texto!!!
    Gostei :)

    Beijinhos, Té
    bloglola.com.br

    ResponderExcluir
  5. coisinha bem gostosinha esta tua receita! amei.

    ResponderExcluir