Pesquisar este blog

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Um dia...Na quarta feira de Quintana

Um dia descobrimos que beijar uma
pessoa para esquecer outra
é bobagem.

Você só não esquece a outra
pessoa como pensa muito
mais nela....

Um dia percebemos que as
melhores provas de amor são
as mais simples...

Um dia percebemos que o
comum não nos atrai...

Um dia saberemos que ser
classificado como o "bonzinho"
não é bom...


Um dia perceberemos que a pessoa
que nunca te liga é a que mais
pensa em você...

Um dia saberemos a importância
da frase:
"Tu te tornas eternamente
responsável por aquilo que cativas..."

Um dia percebemos que somos
muito importantes para alguém,
mas não damos valor a isso...


Enfim... um dia descobrimos
que apesar de viver quase um século
esse tempo todo não é suficiente
para realizarmos todos os
nossos sonhos,

para beijarmos todas as bocas
que nos atraem, para dizer tudo
o que tem que ser dito
naquele momento.

Não existe hora certa para dizer o
que sentimos se quem estiver
te ouvindo não te compreender,
não te merecer...

O jeito é: ou nos conformamos com
a falta de algumas coisas na nossa
vida ou lutamos para realizar
todas as nossas loucuras...

Quem não compreende um olhar
tampouco compreenderá uma
longa explicação.
Mário Quintana

Por: Wcastanheira Nesta quarta mais uma delícia do poeta anjo, um delírio para nosso deleite. Pra vcs bjos e bjos

18 comentários:

  1. Maravilhoso mesmo amigo... versos que nos convidam muito a refletir... beijinhos...
    Valéria

    ResponderExcluir
  2. meu querido amigo
    Nunca faltos nas quartas-feiras de Quintana.
    Um lindo poema como sempre.
    beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  3. eba eba, adoro quarta feira, essa eu ja conhecia, geralmente adolescentes colocam isso no perfil do "orkut", por ele conseguir retratar sem só o que é uma desilução amorosa, e que quando amamos devemos sentir, mesma que doa, querer fugir é bobagem ^^
    Saudades do meu TIO sabe, ele não foi mais me visitar (risos)

    BEEEIJO
    e BOA NOITE *-*

    ResponderExcluir
  4. Mais uma 4ª feira de Quintana e todas lindas!abraços,chica, tudo de bom!

    ResponderExcluir
  5. Ah... perfeição de poema!
    Adoroo!

    ;*

    ResponderExcluir
  6. Olá, Castanheira
    Esse é um dos meus preferidos...
    O que se faz é pelo feito em si e não para lembrar outro passado... assim dá certo...
    Abraços fraternos

    ResponderExcluir
  7. Esse poema é a sintese da Felicidade, se fizessemos assim, seria perfeito.

    Beijo! Excelente escolha.

    ResponderExcluir
  8. Oi Amiga, que bonito o poema.
    Bjs e boa noite

    ResponderExcluir
  9. Bela escolha!
    Quintana é dos meus preferidos.
    E você também!!!
    Beijo.
    isa.

    ResponderExcluir
  10. e eu sempre volto nas quartas.

    bjosss...

    ResponderExcluir
  11. Um dia com Quintana e nas quartas-feiras com vc não tem preço amigo.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  12. Oi querido, tudo bem?
    Passando pra dizer que estou de volta aos blogs e vim matar saudade do seu cantinho.
    Lindo dia pra ti, beijos.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Wanderlen!

    Comentar Quintana seria redundância. Dizer (mais) o quê de tudo o já foi dito?

    Enfim, parafraseando um de seus versos, só me resta dizer que ele tem o dom de nos acordar por dentro.

    Beijo,
    Inês

    ResponderExcluir
  14. Lindo, querido! Beijinhos e carinho pra ti.

    "As mais lindas palavras de amor são ditas no silêncio de um olhar." (Leonardo da Vinci)

    "O amor é como uma chama que brilha mais forte à medida que aprendemos a abrir nosso coração."(Walcyr Carrasco)

    "O amor é uma flor delicada, mas é preciso ter coragem de ir colhê-la à beira de um precipício."(Stendhal)

    "O amor é grande e cabe nesta janela sobre o mar. O mar é grande e cabe na cama e no colchão de amar. O amor é grande e cabe no breve espaço de beijar." (Carlos Drummond de Andrade)

    Da Rê

    ResponderExcluir
  15. Ei poeta WCast!

    Vim agradecer pela sua presença na celebração da minha vida.Obrigada meu querido poeta.Sempre bom tê-lo por lá. beijITinhos e beijITinhos.

    ResponderExcluir
  16. Mesmo com toda a correria para a realização da palestra não poderia perder suas/nossas quartas de Quintana!! Valeu ter vindo!! Sabedoria de docilidade... só mesmo um poeta poderia escrever assim...
    Obrigada por mais esta linda poesia.
    Abraços

    ResponderExcluir
  17. Toda quarta você nos brinda com um coquetel dos deuses.
    A simplicidade do poeta do cotidiano, nos faz compreender o breve instante maravilhoso de viver.

    Bjos,

    Keli

    ResponderExcluir